Kirsten Hawksey de Liverpool foi diagnosticada com leucemia promielocítica aguda no final de novembro e a jovem de 23 anos morreu apenas quatro semanas depois no dia de Natal, deixando para trás uma bela filha de 15 meses.

Antes de Kirsten falecer, ela escreveu uma mensagem final na conta do Facebook para aumentar a consciencialização sobre a sua doença e para dizer às pessoas que não ignorassem os sintomas.


"Na terça-feira, fui diagnosticado com leucemia (APL) e já comecei a quimioterapia hoje ... isto não é um pedido de simpatia, porque eu não sou assim, como vai ficar a perceber hahaha, mas para criar mais consciência e não ignorar nenhum sintoma! Eu nunca ia ao hospital, então, agradeço a Deus por todos, que me empurraram para ir examinar algumas contusões inexplicadas!


Eu literalmente não poderia agradecer a todos os meus familiares, amigos e colegas de trabalho por todo o apoio na semana passada. Sinto-me mais afortunada do que desafortunada. Só quero agradecer a todos".


Kirsten recebeu o diagnóstico depois de notar algumas contusões suspeitas na perna. Ela ignorou isto ao início, mas finalmente foi ao médico depois de ter piorado com o tempo.


A leucemia promielocítica aguda é uma forma rara de cancro que afeta os glóbulos brancos e ainda mais raro de ser encontrado em alguém tão jovem quanto Kristen.