Infelizmente ainda existem países em que a fome, a educação precária e o mau acesso a sistema de saude dão uma constante.

Quénia é um exemplo em que a população passa por muitas dificuldades, e as crianças têm uma dura infância.


sem-teto chamado John Thou é um desses casos, vive nas ruas do Quénia, depois de ter fugido de casa dos pais após ter perdido a mãe e para fugir das agressões constantes do pai.

As únicas pessoas que ainda estavam vivas na sua família era a avó que ja tinha ficado a tomar conta de 6 netos e o tio que também era bastante abusivo. 

A rua foi o único lugar que restou a esta criança.

Quando este menino se aproximou de um carro para pedir esmola viu uma senhora que precisava de uma máquina de oxigênio para sobreviver. Perante aquela situação e depois de ouvir a sua historia o pobre garoto segurou na mão da idosa e começou a chorar.

A senhora A senhora era cega, já tinha sofrido sete abortos espontâneos e, como foi abusada tantas vezes pelo marido durante a última gestação, ela começou a necessitar do suporte de oxigênio.

A sinceridade, inocência e compaixão do menino que ainda deu todo o dinheiro que tinha no seu bolso são sem dúvida comoventes. 

O perfeito da cidade acabou por ajudar esta mulher, e o activista social Ndungu Nyoro ajudou o menino que depois de se conhecerem, sentiram uma ligação instantânea e agora não vivem um sem o outro.

51430a3a-16d8-49c6-9963-9796620922fe.jpg

Fonte: historiascomvalor